Alienação Parental Imprimir
Matérias - Resenhas
Escrito por Vitor Reis   

Poucos a conhecem como um problema já reconhecido pela legislação Brasileira, mas muitos sofrem com este problema.
Estamos falando da síndorme de alienação parental. Também conhecida pela sigla em inglês PAS, é o termo proposto por Richard Gardner, em 1985 para a situação em que a mãe ou o pai de uma criança a treina para romper os laços afetivos com o outro genitor, criando fortes sentimentos de ansiedade e temor em relação ao outro genitor.

Os casos mais freqüentes da Síndrome da Alienação Parental estão associados a situações onde a ruptura da vida conjugal gera, em um dos genitores, uma tendência vingativa muito grande. Quando este não consegue elaborar adequadamente o luto da separação, desencadeia um processo de destruição, vingança, desmoralização e descrédito do ex-cônjuge. Neste processo vingativo, o filho é utilizado como instrumento da agressividade direcionada ao parceiro.

Assista o vídeo trailler sobre a Síndrome da Alienação Parental:

Visite o canal de A Morte Inventada no youtube, e conheça o site de uma equipe de pais que lutam pelo direito de conviver com seus filhos, e difundem através da internet a "Guarda Compartilhada", e também defendem "O direito de ser pai".

Pailegal.net
Quem Somos

Saiba mais sobre a LEI Nº 12.318 sancionada pelo Excelentíssimo Ex Presidente da República do Brasil, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva em 26 de agosto de 2010.